• Samanta Hit

Yama on-na, Kabe on-na

Esse dorama te indico… para se divertir muito e para ver que atributos do corpo não são tudo para conquistar o coração de um homem! Ótimo!!


Logo que vi o título desse dorama (“Mulher montanha, Mulher Parede”) fiquei imaginando o porquê de levar esse nome. Pensei que poderia ser uma estória de duas mulheres… uma que mora no meio da roça e outra na cidade grande; ou então uma mulher de difícil acesso… como uma parede, e outra mais acessível. Enfim…, pensei em tudo, menos no que realmente se referiam as palavras “parede” e “montanha”… ainda mais tratando-se de um dorama japonês.

Aoyagi Megumi (Ito Misaki) trabalha no Centro Comercial Marukoshi, localizado no bairro nobre Ginza, chefiando o Departamento de Bolsas. Muito bonita, educada e ótima vendedora, tem a admiração de todos os colegas de trabalho e da diretoria de Marukoshi. No entanto, tem um grande complexo: o fato de ter seios pequenos (motivo pelo qual é chamada de “mulher parede”)… e essa neura aumenta mais ainda quando Mariya Marie (Fukada Kyoko) começa a trabalhar no mesmo departamento.


Mariya é uma moça com seios bem avantajados, como montanhas (por isso, “mulher montanha”), o que chama muita a atenção de todos os homens à sua volta. É, também, educada e uma profissional muito competente e torna-se uma grande amiga de Aoyagi. Assim, YAMA ON-NA, KABE ON-NA (2007, Fuji TV, 12 episódios) é um dorama que conta a estória de Aoyagi com sua amiga Mariya, encarando seus problemas profissionais e amorosos, e claro, enfatizando a visão que a sociedade (principalmente masculina…rs)  tem em relação ao tamanho dos seios (ou será que é um complexo que só existe dentro da cabeça das mulheres??).


Apesar de ser uma profissional que só pensa em trabalho e, às vezes, dura com as palavras, com tanto charme (mesmo sendo uma mulher parede), Aoyagi tem a difícil (difícil mesmo! hehe) decisão de escolher um homem entre vários que a desejam: o seu chefe Tamura (Tanihara Shosuke), que ela admira muito; seu amigo de infância, Iguchi (Nishijima Hidetoshi); e o filho do presidente do Marukoshi, Okuzono (Oikawa Mitsuhiro). Para tomar a decisão, Aoyagi tem a ajuda de seu pai (comédia!!) e de um mascote…o porco Pinky. E você, sugeriria qual deles??


Apesar de “parede” e “montanha” do título referirem ao volume dos seios, o tema não é tratado de uma forma pejorativa; muito pelo contrário: é mostrado de uma forma muito divertida… que até minha avó de 90 anos de idade assistiu e achou o máximo!!


Originário de um mangá, “Yama on-na, kabe on-na” além de usar a palavra kabe (parede) referindo-se a (quase) ausência de peitos, ela é usada também em outros sentidos… mais reflexivos. Utiliza-se como uma metáfora a algo que devemos escalar, ou seja, uma parede que nós devemos superar. É, também, usada como fator principal para a personagem de Ito escolher o amor de sua vida: aquele homem que, entre ele e ela, não exista nenhum tipo de impedimento, nenhuma parede que os separe.

A música-tema é de EXILE, com a canção Toki no Kakera. Música linda… e o PV vale muito a pena, com alguns momentos da trajetória do grupo.

Para assistir ao dorama, clique (aqui).

   Acredito que o complexo esteja em nossas próprias cabeças…. e independente da aparência do corpo, o respeito que conquistamos está em como tratamos o próximo! E que com seios pequenos ou grandes, a tampa da nossa panela existe!! Não acham??

#ItoMisaki #Jdorama #review #essedoramateindico #Yamaonna #FukadaKyoko #Miyuki #kabeonna #SayuriNê #seriejaponesa

Receba a nossa Newsletter!

  • Instagram
  • White Facebook Icon

© 2011 by Esse Dorama Te Indico. Proudly created with Wix.com