Dia das Mães

dorama-maes

Aqui no Brasil, no Japão e em várias partes do mundo, comemora-se o Dia das Mães no segundo domingo de maio. Não há quem ignore essa data; cada um, à sua maneira, aproveita esse dia para se lembrar da figura materna, inegavelmente presente por toda a nossa vida.

Lembro-me de muitos momentos com minha mãe, desde minha infância até os últimos dias que pude estar com ela; costurando roupinhas de boneca enquanto ela fazia roupas para a família, ajudando e aprendendo na cozinha, indo às compras – como era bom, depois das compras, comer pastel juntas! O orgulho de dividir com ela a alegria de passar no vestibular, de comprar um presente a ela com meu primeiro salário…

Eu também sou mãe! O que posso dizer sobre isso…? Minha filha é o melhor presente que ganhei em toda a vida, amor infinito que me faz sentir forte e importante!!! E aquela coisa que mãe diz, “quando você for mãe vai entender o que eu sinto!”, é pura verdade… Estamos em outra época, a relação que tenho com minha filha é diferente da que eu tinha com minha mãe, no sentido de termos mais intimidade para conversarmos e expormos nossas opiniões e vontades. Mas os valores que aprendi com minha mãe e tento passar para ela, o convívio diário e a troca de emoções são iguais, sempre, sempre.

O gosto pelas novelas e filmes japoneses é uma das muitas coisas que herdei da minha mãe. Adorávamos ir ao cinema assistir as aventuras de Tora-san, na divertida série Otoko wa Tsurai yo. Meu primeiro dorama eu assisti com ela: Oshin (NHK – 1983 a 1984, 300 capítulos (!)). Ainda em fitas-cassete que só encontrávamos nas locadoras do bairro da Liberdade, chorávamos juntas assistindo a esse dorama triste, triste… Oshin era o nome da personagem principal do famoso dorama, que contava sua vida, desde a infância até a velhice. Acredito que minha mãe adoraria assistir aos doramas de hoje, talvez reclamando um pouco da linguagem atual, com muitas expressões em inglês que não entenderia… mas certamente ia ser uma doramaníaca como a filha!

Selecionei algumas atrizes famosas do mundo dos doramas, que representaram tão bem o papel de mãe, cheia de sentimentos, sempre visando o melhor para os seus filhos:

Yakushimaru Hiroko – A batalhadora e incansável Ikeuchi Shioka, mãe de Aya (Sayajiri Erika), em Ichi Ritoru no Namida. Essa atriz também interpretou o papel de mãe da esperta Hinata (Tani Kanon) em Zenkai Girl, como Sakuragawa Shoko, uma mãe-executiva que não tinha muito tempo para sua filha, mesmo assim era muito amorosa.

Takeuchi Yuko Em Natsu no Koi wa Nijiiro no KagayakiKitamura Shiori criou sozinha sua filha, a fofa Umi (Kobayashi Seiran). A relação entre elas era muito linda, Shiori sempre priorizando o melhor para a filha, mesmo quando se apaixona pelo jovem Taiga (Matsumoto Jun).

Kaga Mariko – Quem não se lembra da poderosa e dominadora Doumiyouji Kaede, mãe de Tsukasa (Matsumoto Jun), de Hana Yori DangoDizendo ser o melhor para o futuro do filho, controlava a vida do rapaz, tentando afastá-lo de Makino (Inoue Mao).

Kikuchi Momoko – Mãe de Tarou (Ninomiya Kazunari) e seus 6 irmãozinhos, Yamada Ayako era uma muher sonhadora e imatura, em Yamada Tarou MonogatariMas era carinhosa e cuidava das crianças, contando com a super-ajuda do filho mais velho.

Desejo que todos que possam, de alguma forma, demonstrar todo o amor e gratidão que sentem por sua mãe, mesmo que ela esteja longe, ou que não esteja mais entre nós… Sendo a melhor do mundo, ou nem tanto, só o fato de ser sua mãe a faz única e inesquecível… por toda a sua vida!  Feliz Dia das Mães!!!

Por Miyuki

—- S2 —- S2 —- S2 —- S2 —-

Um Feliz Dia para minha mãe que dedica, a mim e meus irmãos, um amor incondicional e 100% da sua atenção! Parabéns à ela, que sem egoísmo nenhum divide sua vida conosco e que deu ao meu pai a oportunidade de tornar-se pai! 🙂 Mamãe… missão quase cumprida (falta só cuidar dos netinhos…rs)!! Omedetou e Arigatou!

Por Sayuri Nê.

6 thoughts on “Dia das Mães

  1. Mãe…..uma pessoa que está sempre na nossa vida, mesmo depois que se partiu por meio de boas recordações e dos ensinamentos que nos passou…..sinto saudade da minha que já partiu há muitos anos. Miyuki, a minha mãe também adorava costurar, e mesmo com tantos afazeres domésticos e do trabalho, arranjava um tempinho p costurar roupas p mim e p meus irmãos….lembro-me que, qdo criança, ficava debruçada na mesa vendo-a costurar….e qdo ficava pronta, que alegria!…..até que eu tbém arrisquei algumas peças p meus filhos qdo eram crianças. Nós, mães, ensinamos muitas coisas aos filhos, mas tbém aprendemos muito mais com eles. Agradeço todos os dias pelos filhos que tenho.

    Feliz Dia das Mães p todas as mães!

    1. Lui, acredito que minha mãe está sempre presente ao meu lado, em todas as minhas conquistas, me ajudando nos momentos difíceis, dando força e luz, compartilhando momentos felizes! E minha filha é uma benção, prova de que sou merecedora do amor de Deus!
      Beijo, parabéns pelo Dia das Mães!

  2. Êee! Feliz dia das mães! Minha mãe é a melhor mãe do mundo! Você concorda, né, Miyuki?!
    Te amo muito, mamãe!

  3. Sayuri, em poucas palavras vc demonstrou o que significa e sente pela sua mãe.
    Curta sempre e cuide bem dela com muito carinho.

    Beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *